Curta nossa Página

quinta-feira, 9 de novembro de 2017

Em nota, Escola Tereza Torres nega que aluna sequestrada tenha saído para comprar lanche

 Repercutiu bastante na região a notícia de que uma aluna de 16 anos, da Escola Tereza Torres de Itpapetim teria sido sequestrada ao sair para comprar lanche. Na nota a direção da escola informa que a menor não chegou nem mesmo a entrar nas dependências do educandário. “Nessa instituição não autorizamos menores saírem sem antes entrar em contato com os pais ou responsáveis”. Na mesma nota a escola esclarece que a aluna que teria sido sequestrada avisou a uma colega que só iria assistir da segunda aula em diante pois ia comprar um lanche. A menor contou ter sido levada por 3 elementos em uma Hilux e liberada após pagamento de resgate no valor de R$ 1 reais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário