Curta nossa Página

quarta-feira, 27 de setembro de 2017

Pernambuco registra uma ação criminosa contra banco a cada 46 horas em 2017, diz sindicato

Mapa elaborado pelo Sindicato dos Bancários mostra as corrências policiais em Pernambuco, este ano (Foto: Divulgação/Sindicato dos Bancários de Pernambuco)
Sindicato dos Bancários de Pernambuco divulgou, na manhã desta quarta-feira (27), um balanço da criminalidade contra instituições financeiras em 2017. De janeiro até terça-feira (26), foram registrados 138 explosões, assaltos e arrombamentos em unidades de todas as regiões do estado. Isso significa cerca de 15 casos por mês ou uma ação criminosa a cada 46 horas.

O levantamento mostra que 77 das 184 cidades pernambucanas foram atingidas pela criminalidade. Isso representa 41,8% de todos municípios do estado.

O Recife lidera o ranking da criminalidade contra bancos, com 24 ações criminosas. Em segundo lugar estão Cabo de Santo Agostinho e Olinda, com cinco, cada. Ipojuca, na mesma região, e Caruaru, no Agreste, anotaram quatro.

Por região, o Grande Recife está na liderança das estatísticas. Ao todo, 34,1% das investidas foram registradas nos 14 municípios da área. O Agreste responde por 29% das ocorrências, a Zona da Mata, por 15,9%, e o Sertão, por 21%.

Por G1 PE

Nenhum comentário:

Postar um comentário