Curta nossa Página

segunda-feira, 1 de maio de 2017

Cabras sofrem com a seca em Sertânia

A seca afeta a produção de leite em Sertânia, a capital da caprinocultura. Por falta de alimento, muitos criadores tiveram que se desfazer de parte dos animais. Muitos animais ficam parte do dia soltos na caatinga, procurando o que comer. Sem pasto, o jeito é alimentar o rebanho com ração, mas como nem todo mundo tem condições de pagar, muitas vezes a única alternativa é se desfazer dos animais. Entretanto, pode ser difícil achar um comprador. Quem também enfrenta problemas com a seca são os produtores de leite de cabra. Os produtores trazem o leite para um centro de excelência em derivados de carne e leite, para que ele seja beneficiado e distribuído. Em 2011, o centro recebeu 336.398 mil litros de leite no ano. Em 2016, esse número caiu para 129.717 litros. Uma redução de 61%.

Nenhum comentário:

Postar um comentário