Curta nossa Página

sexta-feira, 15 de abril de 2016

Justiça condena Danilo Gentili a pagar R$ 200 mil a doadora de leite

O Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) condenou os humoristas Danilo Gentili e Marcelo Mansfield e a Rede Bandeirantes a pagar uma indenização no valor de R$ 200 mil à técnica de enfermagem pernambucana Michele Rafael Maximino, 33 anos. Michele ficou conhecida por já ter doado mais de 400 litros de leite materno. A decisão saiu na quarta-feira (13) e foi motivada por uma ação impetrada depois da veiculação de piadas no programa “Agora é Tarde” em outubro de 2013. Na ocasião, Danilo chamou a pernambucana de "vaca" e a comparou com o ator pornográfico Kid Bengala. Os dois humoristas, assim como a emissora de TV, ainda podem recorrer.

A ação foi julgada pela juíza Regina Célia de Albuquerque Maranhão, da 2ª Vara Cível de Olinda, que julgou o pedido procedente, em parte. A magistrada levou em conta que a pernambucana não havia permitido a divulgação de tais piadas.
“O prejuízo é gravíssimo, pois causou na autora lesão grave tendo sua imagem sido utilizada de forma humilhante e degradante, causando consequências devastadora para a autora e sua família”, diz a liminar.
A pernambucana vem lutando na Justiça desde 2014 e chegou a pedir uma indenização de R$ 1 milhão. Em outubro de 2013, a Justiça determinou que a Bandeirantes pagasse multa diária de R$ 5 mil, caso não retirasse da internet o trecho do programa "Agora É Tarde" em que o humorista Danilo Gentili faz uma piada sobre Michele.
G1 entrou em contato com os acusados, mas ainda não obteve resposta. Em nota, a Rede Bandeirantes adiantou que vai recorrer da decisão.
Do G1 PE

Nenhum comentário:

Postar um comentário