Curta nossa Página

quarta-feira, 27 de abril de 2016

Dinca revela ter sido procurado outra vez pelo Secretario Alan Dias para tratar de aliança com Sebastião Dias e não aceitou

Ainda não foi selada a aliança PMDB/PR para a sucessão Municipal de Tabira. Pelo menos foi o que disse o ex-prefeito Dinca Brandino(PMDB) que tem sua esposa Nicinha como candidata à sucessão do Prefeito Sebastião Dias(PTB), durante entrevista a Rádio Cidade FM. Brandino admitiu ter conversado com a vice-prefeita Genedy Brito(PR) e o Presidente da sigla, médico Alan Xavier, presidente da legenda, mas não foi definida a formação de chapa. Disse que Genedy também pensa em ser candidata a Prefeita e a conversa não avançou. 

Dinca revelou ter se encontrado por acaso em Campina Grande/PB com o Secretário de Saúde e filho do prefeito Alan Dias(PT) e este não perdeu a oportunidade dizendo: “Dinca, estamos longe de Tabira, em Campina Grande, vamos tratar da sucessão (fazer acordo).” – o ex-prefeito disse ter rechaçado mais uma vez a proposta de aliança com o grupo de Sebastião Dias. O ex gestor cobrou de Alan explicações para os gastos na saúde, mesmo com o Hospital fechado por dois anos. Disse Dinca, que no mesmo período recebeu R$ 12 milhões de reais para o Hospital e Alan com o hospital fechado, teria recebido R$ 16 milhões. Brandino desafiou Alan para um debate. Ele mais uma vez citou as perdas de lideranças do palanque do Prefeito, ao que considerou maiores do que no seu grupo. 

Dinca disse que o Prefeito Sebastião Dias terá problemas para receber novos recursos por ter perdido convênios de obras que ele teria deixado encaminhados. Brandino com segurança disse que Sebastião vai ter que entrar com ação de improbidade contra ele mesmo para tirar o município das pendencias que enfrenta.

Por Anchieta Santos

Nenhum comentário:

Postar um comentário