Curta nossa Página

terça-feira, 19 de janeiro de 2016

'Só escutei um grito', diz sobrevivente de acidente que matou sete pessoas

O jovem de 27 anos que sobreviveu ao acidente entre dois carros que matou sete pessoas na tarde do domingo (17) contou, em entrevista à TV Paraíba nesta segunda-feira, detalhes de como aconteceu a colisão. O acidente foi na BR-230, na cidade de Quixaba, no Sertão do estado.
“Eu lembro que eu estava cochilando e só escutei um grito. Quando abri o olho, o carro que vinha contrário a gente perdeu o controle e bateu na gente. Eu usava cinto de segurança e estava de carona, no banco da frente. Depois disso não lembro mais de nada. Desmaiei e quando acordei já tinha acontecido tudo”, relatou Francisco de Sousa  Pedrosa Neto.
O jovem está internado no Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande. Ele chegou na cidade de madrugada, após ser transferido do Hospital Regional de Patos.
Por causa da gravidade do estado de saúde, Francisco foi levado direto para a sala de cirurgia. Segundo o diretor do hospital, Geraldo Medeiros, o quadro de saúde da vítima requer cuidados, mas ele está respondendo bem à cirurgia. “É um paciente que ainda tem um risco moderado, mas nós estamos esperançosos de que tenha uma evolução satisfatória”, disse.
Francisco está sendo acompanhado por parentes, que não quiseram gravar entrevista, mas contaram à equipe da TV Paraíba que ele ainda não sabe que a irmã, Maria Thais Lopes, a sobrinha, Gabriele Lopes, e o cunhado, Ulisses Firmino, que seguiam no mesmo carro que ele, morreram no acidente. Segundo os familiares, a informação pode interferir na recuperação dele.
O enterro da família será realizado às 16h (horário local) desta segunda-feira no cemitério Parque Jardim da Paz, no bairro Jardim Brasília, em Sousa.
Do G1 PB

Nenhum comentário:

Postar um comentário