Curta nossa Página

terça-feira, 8 de dezembro de 2015

Exército inicia trabalho de combate ao Aedes aegypti nas ruas do Recife.

Pelos próximos seis meses, 200 militares, entre sargentos, cabos e soldados, ajudarão no combate ao Aedes aegypti na capital pernambucana. Eles apoiarão as equipes de saúde ambiental e controle de endemias do Recife. Com o reforço, a expectativa é que 420 mil residências sejam vistoriadas até o fim da campanha. A ação teve início na manhã desta segunda-feira (7) no bairro de Campo Grande, Zona Norte da cidade. Até sexta-feira (11), outros 550 homens devem entrar em ação em 19 municípios do interior do estado, segundo o Comando Militar do Nordeste.
Com um kit composto por luvas, repelente, protetor solar, lanterna para verificar focos, lavircida e panfletos informativos, os militares têm a autonomia de atuar como agentes ambientais. "Os militares vão em duplas e o agente acompanha supervisionando. Os agentes farão seus trabalhos de campo, visitando os domicílios, mas também apoiando os soldados do Exército", explica o secretário de saúde do Recife, Jailson Correia.
Thays EstarqueDo G1 PE

Nenhum comentário:

Postar um comentário