Curta nossa Página

quinta-feira, 22 de outubro de 2015

Suspeitos de torturar adolescente e divulgar vídeo são presos em São José do Egito.

Dois homens suspeitos de torturar um adolescente de 15 anos, filmar e divulgar imagens da agressão foram presos em São José do Egito, Sertão de Pernambuco, na terça-feira (20). De acordo com o delegado Ubiratan Rocha, da Polícia Civil, os suspeitos mandaram cartas com ameaças de morte para o adolescente e para a avó dele, "caso o fato chegasse à polícia".

Um deles utilizou um pedaço de pau e "bateu tanto na vítima que chegou a quebrar seu braço". O outro gravou um vídeo do ataque. "O objetivo das imagens era demonstrar para a população que eles estavam no comando do crime e fazer com que ninguém denunciasse. O motivo da agressão seria uma dívida por causa de drogas e uma tatuagem", informou o delegado ao G1.
As prisões ocorreram após mandados de prisão preventiva. Eles também são suspeitos de tráfico de drogas, ainda segundo a polícia. A agressão aconteceu no Povoado do Riacho do Meio, em 21 de setembro deste ano.
O agressor chegou a ser preso no dia 13 de outubro por conta de posse ilegal de arma de fogo e munições. Ele passou apenas três dias na prisão. Os suspeitos foram levados para a Cadeia Pública de São José do Egito, onde permanecem à disposição da Justiça. Já o adolescente está sob responsabilidade do Conselho Tutelar e Ministério Público.
Do G1 Caruaru

Nenhum comentário:

Postar um comentário