Curta nossa Página

quarta-feira, 30 de setembro de 2015

Vídeo mostra jovens entrando em S-10 momentos antes de tragédia em Flores.

Familiares das duas jovens de Carnaíba e Flores que estiveram no IML começam a divulgar que eram elas as outras vítimas que ainda não haviam sido identificadas do acidente do domingo (20) na PE 320, na altura do município de Flores. O irmão de uma das jovens, Bruno Carvalho, que mora na comunidade de Matolotagem, Flores, confirma que pelo já apurado as outras duas pessoas que estavam na S10 guiada por José Vasconcelos Junior (Junior de Bico), de 30 anos, eram mesmo Tainá de Souza Xavier, residente na comunidade de Flores e a outra, identificada como Lívia Marilac Barbosa de Medeiros, natural de Carnaíba, do Alto da Gitirana. Tainá tem 18 anos. Elas iriam a Arcoverde e garantiram que voltariam no domingo, dia da tragédia. Até essa data não chegaram e não fizeram mais nenhum contato. O IML está concluindo o trabalho de identificação para liberação, que pode demorar até 10 dias. O pai de Marilac, Severino Glaucemar de Medeiros disse que a filha foi visitar o companheiro que é detento no domingo e foi confirmado que saíram cinco horas de Arcoverde, de onde pegariam carona até Carnaíba. Ela disse que ligaria para ele quando chegasse em Carnaíba. Elas costumavam passar até três dias sem notícias” Mas, diz o pai, como ela não ligou para o companheiro que está no Presídio Brito Alves como combinado, começaram as suspeitas. A filmagem do posto mostra as jovens entrando na S-10, mesmo com baixa resolução. Já o corpo de José Vasconcelos Junior (Junior de Bico), de 30 anos, deve ser liberado para velório e sepultamento nesta quarta (30). No acidente morreram ainda os jovens afogadenses Dionísio Pereira da Silva, 23 anos, Maysa Siqueira, 21 anos e Jonathan Souza.
Por Anchieta Santos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário