Curta nossa Página

quarta-feira, 23 de setembro de 2015

Laudo pericial dos seis corpos do acidente na PE-320 poderá somente ser divulgado em 30 dias.

Pelo menos duas vítimas da colisão entre dois veículos na PE-320, entre as cidades de Carnaíba e Flores, ainda não foram identificadas. O acidente, que aconteceu no domingo (20), deixou um saldo de seis mortos. Os ocupantes dos dois carros morreram carbonizados, o que dificultou a identificação das vítimas. Após o acidente, os corpos foram encaminhados para o Instituto de Medicina Legal (IML) do Recife, no bairro de Santo Amaro, área central da capital pernambucana. Os restos mortais serão submetidos a exames de DNA para confirmação das identidades. O laudo pericial deve ser divulgado em até 30 dias, de acordo com a Secretaria de Defesa Social (SDS). De acordo com a polícia, entre os mortos no acidente estão o comerciante Dionísio Pereira da Silva, 23 anos, que dirigia o Fiat Uno; a vendedora Maysa Siqueira, 21, e o vendedor Jonathan De Souza, 19. O trio saiu de uma festa em Afogados da Ingazeira, e seguia para uma chácara em Flores. Já na caminhonete estavam o condutor, o motorista José Luiz de Vasconcelos Junior, 30, e outras duas pessoas que ainda seguem sem identificação. Parentes dos ocupantes do Fiat Uno estiveram no IML na manhã desta terça-feira (22) para recolher material genético. Os familiares pediram agilidade na liberação dos corpos.

Por Anchieta Santos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário