Curta nossa Página

quinta-feira, 20 de agosto de 2015

Movimento Tabira Unida defende redução de salários de prefeito, vice, vereadores e secretários

Inspirado na posição do padre Porto da cidade de Mauá da Serra, no Paraná, que defendeu dentro da igreja que os vereadores da cidade baixassem os próprios salários, em Tabira está surgindo o Movimento Tabira Unida. Na cidade das Tradições, o movimento defende que o salário das autoridades tenha por base o mínimo nacional de R$ 788 reais. Sendo que o Tabira Unida tem duas propostas. A 1ª é de que o salário do vereador seja reduzido de R$ 6 mil para dois salários mínimos; secretário cairia para um mínimo e meio; vice prefeita, 03 mínimos e prefeito 4 salários mínimos. A 2ª proposta seria reduzir apenas os salários de vereador e vice, cargos que podem ser conciliados com outras funções. Secretários e prefeitos que exige dedicação total, os salários não seriam alterados. Em Mauá da Serra a proposta do Padre Porto mobilizou os fiéis da cidade. Resta saber se o Movimento Tabira Unida vai ter o mesmo poder de convencimento aqui no sertão.

Por Anchieta Santos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário