Curta nossa Página

sexta-feira, 24 de julho de 2015

Folha de pagamento da Prefeitura de Tabira vaza nas redes sociais e causa muita polêmica.



Quando o assunto é cobrança e questionamentos, a Gestão do Poeta não consegue ter paz. Baixada a poeira da possível demissão do Secretário Edgley Freitas, eis que vem um novo furacão para estremecer as estruturas palacianas.
Na noite dessa quarta-feira (22) vazou nas redes sociais partes da folha de pagamento onde tornou público os salários praticados na atual gestão para vários cargos do governo. Alguns passaram como normais diante da fiscalização do povo, mas outros foram temas de longos debates e duras críticas.
Os que mais geraram comentários foi a presença do Odontólogo Marcílio Pires no governo como Coordenador do Programa de Saúde Bucal com vantagens no valor de R$ 3.000,00. Outro cargo que também foi fruto de muitos questionamentos é o de Assistente de Saúde, ocupado por Núbia Jaciara, com as vantagens de R$ 4.376,14, valor este mais alto que o de secretários que recebem R$ 3.282,11.
Acabou gerando dúvidas também em torno da Guarda Municipal porque dias antes, o Secretário Flávio Marques havia dito que os Agentes recebem 1 salário mínimo, mas na folha aparecem com R$ 1.080,88.
Flávio tratou logo de explicar e disse que o salário dos Agentes da Guarda é realmente um salário, mas os adicionais como noturno, horas extras e outras elevam para esse valor. Sobre a questão de Núbia, Flávio explicou que no mês em questão ela havia recebido algumas gratificações, mas o salário dela é o mesmo  dos secretários.
Depois de mais uma repercussão negativa, o Prefeito Sebastião Dias e o Secretário da Fazenda, Afonso Amaral, trataram logo de dizer que essas informações não são sigilosas e constam no Portal da Transparência.
Do Radar do Sertão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário