Curta nossa Página

terça-feira, 28 de julho de 2015

Assassinato de escrivão por colega em Triunfo repercute no Estado.

Luciano José Gonçalves Bezerra, tinha 36 anos, e estava em um lanchonete.
Um agente da Polícia Civil é suspeito de matar um colega com quatro tiros no rosto, em Triunfo. De acordo com a Polícia Militar, o crime ocorreu na madrugada da segunda-feira (27), após o término da Festa do Estudante. 

Eles estavam de folga e teriam se desentendido quando lanchavam juntos em um estabelecimento comercial local. De acordo com informações da polícia ao JC on Line, o escrivão Luciano José Gonçalves Bezerra, de 36 anos, estava em um lanchonete com o agente Phares Roberto da Silva quando teria ocorrido uma discussão. O agente sacou uma arma e efetuou vários disparos de arma de fogo.

Ainda segundo a polícia, o escrivão, que trabalhava em Flores não resistiu aos ferimentos e morreu no local. O agente, que era lotado na delegacia de Serra Talhada, fugiu e ainda não foi localizado. O crime será investigado pela delegacia de Triunfo. O corpo do escrivão foi encaminhado ao Instituto de Medicina Legal (IML), em Caruaru. O suspeito teria fugido usando a moto de um mototaxista, que foi abandonada na saída da cidade de Triunfo. O suspeito é procurado pela Polícia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário