Curta nossa Página

quinta-feira, 23 de abril de 2015

Prefeitura de Itapetim intensifica ações de combate à dengue

Devido ao aparecimento de casos suspeitos de dengue em Itapetim, a Prefeitura Municipal, através da Secretária de Saúde, intensificou as ações de combate à doença.
Segundo o prefeito Arquimedes Machado, entre as ações, houve a duplicação do número de Agentes de Combate à Endemias (ACE) e aumento das visitas domiciliares com o objetivo de localizar e eliminar possíveis focos do mosquito transmissor. “Ainda houve a ampliação da jornada de trabalho dos ACE e o aumento da remuneração dos mesmos, além da compra de equipamentos e materiais utilizados no combate a doença”, frisou.
De acordo com Edilene Machado, secretária municipal de Saúde, o setor de Endemias está realizando diariamente mutirões com o auxilio de Agentes Comunitários de Saúde (ACS) e a dedetização dos locais onde há o aparecimento da maioria dos casos suspeitos não confirmados, no sentido de baixar o índice de infestação do Aedes aegypti. Ela lembra que também estão sendo realizadas campanhas educativas e que o momento é da população não esquecer a prevenção à doença, evitando o acúmulo de depósitos de água onde o mosquito pode se proliferar.
Ainda segundo a secretária municipal de Saúde, até o momento foram notificados 308 casos suspeitos de doença no município, sendo que desse total, 9 foram classificados como dengue. “Para todos os casos notificados estamos garantindo os exames necessários como hemograma e PCR realizados na rede terceirizada e Sorologia para dengue coletada no hospital e destinada ao laboratório do estado. Também garantimos tratamento, leito hospitalar e remoção do paciente para os casos que se fizerem necessário”, afirmou.
O coordenador de Endemias, Naldo da Sucam, explica que os casos suspeitos da doença no município estão caindo, no entanto é necessária a colaboração da população no sentido de combater o mosquito transmissor. “Estamos empenhados para combatermos o Aedes aegypti, mas necessitamos do apoio e contribuição da população com os cuidados devidos em seus imóveis, quando necessário fazendo denuncia de lixo que possa armazenar água, como pneus velhos e garrafas pet”, destacou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário