Curta nossa Página

sábado, 18 de abril de 2015

Indiano pensa em vender rim para ajudar filhos com obesidade grave.

Na Índia, duas meninas e um menino extremamente obesos são motivo de desespero para os pais, que mal têm dinheiro para alimentá-los, e temem que os três irmãos acabem morrendo se não receberem tratamento médico adequado.

Yogita tem 5 anos e 34 kg, Anisha tem 3 anos e 48 kg, e o pequeno Harsh tem 15 kg aos 18 meses de idade.

O pai Rameshbhai Nandwana disse à agência Cover Asia Press que tem a intenção de vender um rim para conseguir tratamento para suas crianças, que comem em uma semana o que uma família indiana consome em um mês.

Segundo o diário britânico "Mirror", Harsh toma oito copos de leite ao dia, enquanto Yogita e Anisha ingerem 8 pães do tipo chapati, 2 kg de arroz, três tigelas de ensopado, seis pacotes de salgadinhos, cinco pacotes de biscoitos, uma dúzia de bananas e um litro de leite, também diariamente.

A mãe passa o dia na cozinha enquanto o pai sai para trabalhar por um salário -- cerca de R$ 160 -- insuficiente para comprar toda essa comida. Se não ganham mais alimentos, as crianças começam a chorar e gritar. Por causa do peso, elas não conseguem andar.

A família, que vive na cidade de Gujarat, no oeste da Índia, já fez consultas com médicos locais, que acreditam que as crianças tenham síndrome de Prader Willy, que causa descontrole de apetite. No entanto, caso o diagnóstico seja correto, eles tampouco saberiam o que fazer para tratar a doença. Por isso, mandaram os meninos para médicos em hospitais maiores, que, por sua vez, o pai não pode pagar -- daí a ideia desesperada de vender um rim.

Do G1, em São Paulo

Nenhum comentário:

Postar um comentário