Curta nossa Página

sexta-feira, 20 de março de 2015

Juiz e Promotor de Tabira fazem alerta à população para prática criminosa

O Juiz de Direito de Tabira, Hildeberto Júnior da Rocha Silvestre e o Promotor de Justiça, Aurenilton Leão Carlos Sobrinho, estão enviando à imprensa um comunicado à população de Tabira e Solidão para alertar a cerca de práticas criminosas, informa o Radar do Sertão.

No comunicado, as autoridades dizem que se “alguma pessoa ou profissional, de qualquer área, solicitar dinheiro ou bens em nome de Juiz de Direito, Promotor de Justiça, Oficial de Justiça ou servidores do judiciário ou do Ministério Público”, a vítima deverá procurar imediatamente a Delegacia de Polícia Civil para registrar a ocorrência.

Esse tipo de atitude é classificada como prática criminosa, possível fraude, estelionato ou outra figura típica, uma vez que o Poder Judiciário e o Ministério Público são remunerados exclusivamente pelos respectivos órgãos e não recebem quaisquer acréscimos ou custas adicionais das partes e da população em geral. Leia o comunicado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário