Curta nossa Página

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

Nova equipe de conselheiros passa a atuar após chacina que vitimou três.

O Conselho Tutelar de Poção voltou a funcionar oficialmente nesta quinta-feira (19), após a chacina que vitimou três conselheiros no início do mês de fevereiro no município do Agreste de Pernambuco. Eles tomaram posse na sexta-feira (13) e chegaram a abrir a sede no sábado (14). “Não está sendo nada fácil, porque aqui tem a lembrança dos outros e como eu trabalhei um mês com eles, fica difícil, mas a gente tem que tentar voltar à rotina”, relata a conselheira tutelar Izabel Delmiro.
Os três novatos ainda estão sem a companhia dos outros dois conselheiros companheiros de trabalho dos que foram mortos na chacina. “Estamos aguardando a capacitação para, dentro do possível, dar continuidade ao trabalho e servir à nossa comunidade”, detalha o recém-empossado Antônio Donizete. Ele estava no fim da lista de suplentes, mas foi chamado, já que o medo fez com que os que o antecediam não assumissem a vaga. “De certo modo, a gente fica meio preocupado. Como aconteceu essa tragédia com os colegas da gente, poderia ter acontecido com qualquer um”, destaca Donizete.
Uma reunião deverá ser realizada nesta sexta-feira (20), a fim de ajustar a atuação dos profissionais. “Hoje eles tomaram conhecimento das ações que estavam tramitando no Conselho Tutelar”, explica o prefeito de Poção, padre Cazuza. Apesar dos conselheiros passarem a atuar, a vaga para motorista ainda não foi preenchida. “Isto ocorre devido aos sentimentos de insegurança e de medo gerados diante do fato”, justifica o gestor. Ele afirma, contudo, que tem buscado apoio para a atuação segura dos profissionais. “Nós já tivemos algumas reuniões com o Ministério Público e sentimos esse apoio aos Conselhos, para que a vida da cidade volte ao normal", complementa. (G1 Caruaru)

Nenhum comentário:

Postar um comentário