Curta nossa Página

sábado, 6 de dezembro de 2014

Dinca centra fogo com denúncias contra governo Sebastião Dias e disse não ser nada demais as 8 contas rejeitadas em 08 anos de governo.

Diante da notícia de que o Prefeito Sebastião Dias(PTB) acionou a justiça para recuperar o prédio onde funciona a Escola ESMAR, Dinca Brandino(PSB) disse ontem que não houve nenhuma doação durante a sua gestão. Foi apenas um termo de comodato. 

Falando a Anchieta Santos na Rádio Cidade FM o ex-prefeito de Tabira fez uma crítica a bancada de oposição da câmara pela composição com a situação para a eleição da mesa diretora. Disse que por ter maioria não precisava se juntar aos governistas. 

Dinca centrou fogo nas denúncias contra o governo pelo que considera gastos exorbitantes em medicamentos, combustíveis, transporte escolar, alimentos e diárias. Entre algumas citações mostrou que Sebastião gastou 11 milhões a mais do que ele em dois anos em medicamentos; 1,5 milhão em combustíveis, 1,6 milhão na diferença de alimentos. 

O ex-prefeito disse que não basta falar, Sebastião Dias tem que provar que é transparente e apresentar os gastos do seu governo. Dinca aproveitou para se defender de algumas dispensas de licitações em seu governo. Também reclamou não ter recebido pelo trabalho que sua empresa fez na reforma de alguns postos de saúde na atual gestão. Inclusive disse ter colocado um cadeado na porta do PSF localizado na frente do Forum, pois não recebeu pelo que fez no prédio. 

Os R$ 85 mil gastos com dedetização pelo governo do poeta também foram lembrados por Dinca. Questionado pelo comunicador pelas 08 contas rejeitadas em 08 anos de governo, Dincão respondeu: “Não é nada demais”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário