Curta nossa Página

quarta-feira, 10 de setembro de 2014

MARINA SILVA (PSB) E DILMA ROUSSEFF (PT) EMPATAM NO SEGUNDO TURNO, DIZ CNT.

Pesquisa de intenção de votos da CNT/MDA, rodada 121, divulgada nesta manhã (9/9), mostra um avanço da candidata do PT à reeleição, Dilma Rousseff. Comparada à pesquisa anterior, divulgada há duas semanas, a presidente subiu 3,9 pontos percentuais e lidera a pesquisa com 38,1% das intenções de voto. 

A candidata do PSB, Marina Silva, também continuou a tendência de crescimento, ficou com 33,5% das intenções de voto, diante 28,2% que ela tinha na pesquisa anterior. No segundo turno, as duas aparecem empatadas tecnicamente. O resultado difere da pesquisa anterior, em que a ex-senadora aparecia como vencedora. 

O candidato do PSDB, Aécio Neves, que era o preferido de 16% dos entrevistados caiu 1,3 ponto percentual e ficou com 14,7% das intenções de voto. O Pastor Everaldo, do PSC, aparece em quarto lugar, com 1% e os demais candidatos somam 1.3% das intenções de voto. Rousseff tem 43,5% da intenção de voto, segundo pesquisa da CNT Avaliação do governo Dilma cresce 6,8 pontos percentuais, indica CNT Quase 85% dos entrevistados aprovam manifestações, segundo CNT Governo Dilma tem queda de popularidade, segundo pesquisa da CNT Avaliação positiva do governo Dilma é de 54,2%, indica pesquisa CNT/MDA.

Para o segundo turno, Marina e Dilma empatam tecnicamente. A candidata socialista tem 45,5% diante 42,7% da petista. A margem de erro da pesquisa é de 2 pontos percentuais. Na pesquisa anterior, Marina Silva vencia a petista com aval de 43,7% dos eleitores diante 37,8% dos votos de Dilma. Em um cenário estimulado entre Dilma e Aécio, a petista vence com 47,5% e o tucano fica com 33,7%. O indicador é próximo do registrado no levantamento anterior da CNT, quando Dilma tinha 43% e Aécio, 33,3%.

Já entre Aécio e Marina, a socialista vence com 52,2% e o senador fica com 26,7%. Na pesquisa anterior, Marina atingia a marca de 48,9% enquanto o tucano ficava com 25,2% das intenções de votos. A pesquisa foi feita com 2.002 entrevistas, entre 5 e 7 de setembro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário