Curta nossa Página

terça-feira, 22 de julho de 2014

CRIME DA MARRETA: ASSASSINO DE BRAÚNA SE ENTREGA À POLICIA EM CARNAÍBA E CONFESSA CRIME


Por volta das 13h30 desta segunda feira 21, o acusado Silvânio Clemente de Souza, de 23 anos, desocupado, natural de Arcoverde-PE, entrou em contato com a Delegacia de Policia Civil de Carnaíba com o intuito de se entregar acusando-se do crime em que vitimou o agricultor Damião Rodrigues da Silva, vulgo "Braúna" no último dia 13 a golpes de marreta na rua Por do Sol, Bairro da Caixa Dágua, em Carnaíba - PE.

Após a ligação, a Policia Civil solicitou apoio da Policia Militar e em operação conjunta seguiram até o sitio Rosilho, zona rural da Quixaba onde o mesmo se encontrava. Chegando no local a polícia deparou-se com o imputado que não reagiu a prisão, sendo levado para a DP de Carnaíba onde acabou confessando o crime.

Segundo o imputado, o mesmo bebia junto com a vítima na noite do dia 12, em uma festa da comunidade rural da Matolotagem, em Flores, quando a vítima  teria falado atos com a mulher do acusado que não gostou e começou uma discussão envolvendo outras pessoas. Após isto, Silvânio Clemente mostrando que já estava tranquilo diante da situação, convidou a vítima para seguir até a cidade de Carnaíba onde roubariam uma moto, convite este que foi aceito, seguindo ambos para a cidade de Carnaíba. Por volta das 03h00 sem encontrarem a moto que seria roubada, decidiram ir para a casa de "Braúna" onde voltaram a beber. Foi quando o acusado viu uma marreta perto da geladeira e decidiu agir pedindo para que Braúna repetisse o que tinha falado com sua mulher durante a festa.


Pegou a marreta e arremessou no lado esquerda da face da vítima que acabou caindo no chão. Silvânio ainda afirmou que pegou a vítima e jogou-lhe em cima de uma cama e deu-lhe mais algumas marretadas, deixando-a agonizando. O mesmo pegou a moto de ''Braúna''  e voltou para a festa no sítio Matolotagem, já que a vitima teria enterrado aproximadamente 01 Kg de maconha na mata, e que seria de interesse do mesmo, que decidiu voltar à Carnaíba e deixar a moto no mesmo local de onde pegou, tomando posteriormente destino ignorado.

Silvânio ainda confessou que a menos de um mês foi o autor de disparos de arma de fogo contra uma vitima na praça de Eventos Milton Pierre em Carnaíba, que é usuário de drogas e acusado de um homicidio na cidade de Pedra, agreste de Pernambuco.

A policia militar agiu sob o comando do Tenente Alberto Nunes com trabalhos coordenados pelo Capitão Ivaldo Dionísio acompanhado do SD Denver e Sd  R. Silva e ainda a participação da Agente de Plantão da Policia Civil. O imputado ficou apreendido na Delegacia de Policia à disposição da Justiça

Por; Cauê Rodrigues

Nenhum comentário:

Postar um comentário